Love Cuca
Subscrever Texto
mail submit

Uma espécie de conto de fadas

Posted on

Chegámos a Madrid, e desta vez, não vai ser como todas as outras em que aterrei aqui para simplesmente dar um concerto, ou estar com amigos, ou passar alguns dias como fiz durante tanto tempo seguido. Desta vez vou conhecer o Palácio Real, ter o privilégio de conhecer a casa e a realeza e de representar Portugal de uma forma tão especial, como embaixadora do Fado e de Portugal em Espanha. Sim, digamos que não é um dia normal, nem um concerto normal.

Chegamos ao hotel, já não temos quase tempo nenhum, é hora de maquilhar e pentear rápido porque daqui a duas horas já nos vêm buscar. Claro, a entrada no Palácio não é fácil e temos sempre que passar por imensas barreiras para chegar até à porta principal. Há um frio na barriga e imensas questões que passam na nossa cabeça: “será que escolhi bem o repertório, será que vão gostar?” Depois há uma certeza interior que descansa e diz: “claro que vão gostar, simplesmente tenho de ser eu e de cantar com o coração”, e quando assim é , tudo acontece.

E foi isso que aconteceu, uma alegria comum nesta sala magnífica onde cantamos, onde batiam o pé ao som do nosso vira, tão português. Viam-se levantar os braços os de coração saudoso deste nosso Portugal, e quem desta saudade não sorria, também o pé batia e os olhos brilhavam. Todos os olhos brilhavam.

Se foi um momento que não vou esquecer nunca mais? Claro que sim. Uma espécie de conto de Fadas.

partilhar
1